sábado, 29 de julho de 2017

GRAVIDADE SENTIMENTAL


Autor: Porto de Carvalho
Escrito em 12/7/2017

Sentimentos, sejam de amor, sejam de ódio, alteram o espaço-tempo. É o que chamo de gravidade sentimental. Quanto mais fortes (massudos) os sentimentos mais forte é a gravidade sentimental. Eles criam essa gravidade.

Os sentimentos contribuem para que se formem pequenos sistemas solares pessoais cada um com características emocionais parecidas. É algo tão forte que, em pouco tempo, pessoas que acabaram de se conhecer (ou nem se conheceram ainda), numa sala de aula, por exemplo, organizam-se, formando grupos com características específicas. Às vezes, um corpo pessoal não se adapta bem a determinado sistema. Aí, ele sai ou é expulso.

Os sentimentos chegam antes que qualquer pessoa a um lugar, já o modificando e afetando as pessoas. Isso ocorre de pessoas para pessoas em todos os sentidos e em todos os tempos: passado, presente e futuro.

Quanto maiores os vários tipos de sentimentos de amor e ódio de uma pessoa maior a gravidade sentimental age sobre o sistema pessoal. A isso damos o nome de carisma. Nesse sentido, é possível ensinar tanto sentimentos de amor quanto de ódio, que se irradiam em todos os espaços e tempos. Por isso, sempre devemos tomar cuidado com líderes carismáticos (de grandes massas), pois, num sistema solar pessoal, ele é o sol. Porém ninguém quer (ou quer?) rodear uma estrela prestes a se tornar uma anã branca. Lembremo-nos, por exemplo, de Hitler. De qualquer forma, os líderes carismáticos são rodeados não por vítimas inconscientes que são simplesmente arrastadas, mas por pessoas sentimentalmente ligadas a ele e entre si. Dessa forma, elas também são responsáveis pela formação dos sistemas solares pessoais em que se encontram.

Existe um ambíguo sentimento que ajuda a comprovar mais facilmente a existência da gravidade sentimental: a inveja. Esse sentimento leva a se direcionar ódio a uma pessoa que, na verdade, se admira, ama. E por que, por meio dele, é fácil comprovar a existência dessa gravidade? Porque ele é forte, incontrolável. O invejoso não se segura e, por isso, busca o tempo todo interagir, afetando uma ou mais pessoas do sistema ao longo do tempo. Pessoas mais sensíveis conseguem percebem rapidamente a gravidade sentimental. O olho gordo (mau-olhado) existe. O olho gordo não tem esse nome à toa, o nome remete à grade massa do corpo. Cuidado com olhos gordos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário